Pai que abusava sexualmente da filha de 12 anos é preso em Remígio

estrupo filha

O agricultor Josenildo Gonçalves da Silva, 36 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (7), após estuprar e engravidar a própria filha de 12 anos de idade. O crime, que já vinha acontecendo há 4 anos, foi registrado no Sítio Mata Redonda, zona rural da cidade de Remígio, no Agreste paraibano.

De acordo com Lamartine Lacerda, delegado de Remígio, o caso foi descoberto após a adolescente começar a ter enjoos em dezembro de 2012. “Em janeiro, os enjoos continuaram e a tia da menina a levou para o hospital onde foi confirmado que ela estava grávida”.

Constatada a gravidez, a adolescente confessou que vinha sendo abusada sexualmente pelo pai desde os 8 anos de idade. A tia da garota denunciou o caso a Polícia Civil que prendeu o acusado dentro de casa.

“Encaminhamos a menina para exames de conjunção carnal e ficou comprovado o estupro. A adolescente disse durante depoimento que os abusos ocorriam em um matagal que fica perto da casa onde mora. E revelou ainda, que a mãe uma vez presenciou a cena, mas que não esboçou reação”, disse o delegado que caso seja constatada a conivência da mãe, ela poderá responder a processo criminal.

Durante a oitiva, a genitora negou qualquer participação no crime e disse que não tinha delatado o marido antes, porque estava sendo ameaçada de morte. Josenildo Gonçalves foi encaminhado para a Cadeia Pública da cidade.

 

Por: Portal Correio
Você pode Deixar uma responsta, ou voltar para o site.

Deixe uma resposta


nove − 6 =